27.2.13

Amamentação - a minha experiência!

Como sabem, cheguei a fazer alguns posts sobre a amamentação aqui no blog.

A verdade é que nunca segui modas e sei que era o melhor para o meu filho. Para além de ser natural, era mais uma ligação que teríamos...

E, porque me faltou a coragem para escrever sobre este assunto, só agora estou a partilhá-lo convosco. Aqui vai....


A vida é feita de contrariedades e tive de interromper o nosso processo de amamentação no 4º dia de vida do M.


Antes dele nascer, cheguei a ter uma mastite (coisa pouco vista antes de um parto), que consegui controlar com antibióticos e analgésicos.


Depois do M. nascer, dei de mamar logo na 1ª meia-hora de vida dele e fui-me aguentando até ao final do 2º dia sem problemas. Apesar de conseguir dar de mamar na mama esquerda, a direita começou a ficar afectada de novo. Comecei a ter muitas dores, mas visto que o melhor é sempre 'esvaziar', não desisti! 


Mas comecei a notar que, para além das lágrimas que me caíam compulsivamente da cara, o M. não ficava bem alimentado porque o meu mamilo começou a ficar para dentro e ele nao conseguia fazer a sucção! Solução?... Mamilo de silicone! Tentei imensas vezes, mas ele nunca pegava!


No duche, comecei a fazer quentes e a tentar esvaziar o peito, mas sem resultado... saía um pouquinho de água. Comecei com a bomba, mas nada saía do lado direito.

Começou a infeção a sério e fui para as urgências de obstetrícia do HSFX ser bombeada! Praticamente 1hora com a bomba, as enfermeiras a fazerem massagens em simultaneo...e posso-vos dizer que foram dores piores que as do parto!

Voltei para casa... com mais antibióticos, anti-inflamatórios e com recomendação que nas próximas 24h tinha de estar sem vermelhidão. Em casa continuei com a bomba e com as tentativas de meter o menino a mamar... durante 1 dia não consegui pegar no meu filho ao colo e nada me estava a deixar mais triste.


Pois que fiquei ainda pior e, já no Domingo, falei com o meu Obstetra (Dr. Fernando Cirurgião) e ele disse-me que, neste estado, tinha de começar a fazer secagem do leite...! (até vos mostrava uma fotografia mas é demasiado horrível).


Depois de muito chorar e de me achar uma mãe do pior... o Dr. Fernando disse-me que serei uma óptima mãe na mesma e que nada iria afectar a relação que tenho com o M., pois o mais importante é que eu tenha saúde suficiente para dar muitos mimos ao pequenino e que ele esteja bem alimentado! Disse, ainda, que as soluções de leite que existem agora são muito proteícas para os nossos bebés!


E sim... hoje, ainda me cai uma lágrima de tristeza... mas o mais importante é a minha recuperação e conseguir ter o amor pertinho de mim e a ficar gordinho!

E agora, tenho de agradecer ao meu A., o meu mais que tudo, que tem sido incansável nesta fase!


E agora, aqui estamos nós, ontem à noite, num 'Happy Meal'.





Até já,

PS: a quem quiser partilhar alguma história, está mais que à vontade.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...