2.7.13

O nosso Manel vai hoje para o seu quarto :)

Hoje, o Manel vai passar para o seu quarto! Aos 4 meses e meio, elevai dar um grande passo e eu acho que vou dar um ainda maior...! 
ELE VAI ESTAR DO OUTRO LADO DA CASA, A UNS 25 KM DO MEU QUARTO! Mas mesmo assim... estou mais ou menos calma! Calma... eu juro que estou calma!

Se faz parte do grupo das mães que fazem tudo para adiar a ida do vosso bebé para o outro quarto, entenda por que é importante fazer a mudança o quanto antes


A maioria das futuras mamãs dedica boa parte dos nove meses de gravidez à preparação do quarto do novo membro da família. Berço, cómoda, papel de parede e peluches, entre outros itens, aos poucos vão dando vida ao espaço onde a criança passará seus primeiros anos. No entanto, mesmo que cada detalhe tenha sido pensado para garantir o conforto do filho, nem sempre é fácil colocá-lo para dormir sozinho nesse ambiente. Revêem-se nesta verdade?

A ansiedade e medo dos pais muitas vezes fazem com que eles deixem o recém-nascido no seu quarto... durante muito tempo!

A verdade é que, quanto mais noites o filho passar no quarto dos pais, mais difícil será se habituar a dormir sem ninguém por perto. 

Outro factor que leva muitas mães a manter os pequenos ao seu lado toda a noite é o facto de ser mais prático, já que, especialmente no primeiro mês, a amamentação ocorre com maior frequência. 

A recomendação vale também para a hora de dormir. Manter uma rotina é fundamental para que o recém-nascido tenha um sono tranquilo, mas, obviamente que é muito importante agir sempre conforme as suas necessidades. 

Também é uma nova vida para o casal
Vá, vocês têm noção disto...a permanência do vosso filho no vosso quarto pode ser prejudicial também para vocês. A nossa intimidade geralmente é abalada pela chegada da criança e, se ela ocupar 100% de sua atenção, retomar o relacionamento do ponto em que estava no momento da concepção será ainda mais difícil... muito muito difícil.

A ligação da mãe com o filho, particularmente no início, é tão intensa que o pai pode desenvolver uma espécie de ciúme dessa relação. Assim, é possível afirmar que há uma dificuldade de resgatar a intimidade em todos os seus aspectos e não apenas no sexual.

Amanhã conto-vos como correu a noite do caganoninho :)

Até já,
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...