28.2.14

Vacinas 12 meses - Plano Nacional de Vacinação

Hoje fomos às vacinas e foi um verdadeiro dia de Carnaval!


Entre um cocó gigante até ao pescoço e o tentar fugir do gabinete do enfermeiro, a super mãe aguentou o super Manel, que chorou nas picas, mas acabou a sair às gargalhadas!





Que vacinas se dão aos 12 meses?


  • MenC - 1.ª dose (meningites e septicemias causadas pela bactéria meningococo)
  • VASPR – 1.ª dose (Sarampo, Parotidite, Rubéola)



Se tiverem dúvidas, consultem o livro de saúde dos vossos filhotes ou, mais rapidamente, cliquem aqui » 
http://bit.ly/1hoU8t9


até já

27.2.14

Batizado do Manel

Como já dei a entender, no passado Domingo, Batizei e festejei o 1º aniversário do Manel, juntamente com as pessoas que o amam e nunca deixam de estar ao lado dele.


Deixo-vos um cheirinho...



My sweety little pie!

20.2.14

1 Ano » Parabéns Manel!

"A vida começa agora!" Tanta gente me disse isso! E realmente é verdade!

365 dias depois, tenho-te a dizer que não existe amor maior do que aquele que sinto por ti, meu filho! 

Parabéns pelo teu 1º ano de vida!


Manel com 5 meses


Há tantas coisas que te quero dizer... TANTAS! Mas ainda éso meu pequenino e o mundo lá fora é tão complicado. Até para a mãe, que já é crescida!


Manel com 6 dias

Escrevo-te esta carta, porque é o teu 1º aniversário, foi um ano maravilhoso, mas com alguns espinhos, foi desafiante, emocionante.

Para saber que um dias vais ler estas palavras, quero escrever-te, não vá eu esquecer-me de te dizer isto um dia.


Manel com 4 meses



Se calhar vais achar uma patetice, mas são de uma mãe que se preocupa com o filho e com o mundo onde vives. 


1.            Sabes Manel, o mundo lá fora é fantástico! Há tantas coisas bonitas, lugares fascinantes, gente tão interessante. Mas infelizmente também tem coisas feias, vindas daqueles bonecos feios que às vezes te vejo pasmado a olhar para o ecrã da televisão. Esses bonecos feios, fazem caras feias e falam coisas que não te irão interessar. Irei prevenir-te para algumas, mas sei que vais, sozinho, aprender a reconhecer o mau e a afastar-te dele.

2.            Sê sempre simpático com as pessoas que te rodeiam. Sempre que possível, segue as linhas da boa educação: agradece, pede licença, por favor, respeita os mais velhos - porque sabem mais que tu - e os mais novos - que ainda vão aprender aquilo que já saberás na altura. Respeita toda a gente!

3.            Não és diferente dos teus amigos porque não tens o pai presente. O pai vai acompanhar-te em toda a tua vida. Irá ajudar-te a decidir o caminho quando te encontrares num dos cruzamentos da vida, dar-te aquele conselho quando precisares. Podes sentir-te muito triste por não o teres fisicamente contigo e não, não há ninguém que o substitua, mas ele ama-te muito e é nisso que tens que te agarrar o resto da tua vida!

4.            Há meninos e meninas. Os meninos fazem xixi de pé (filho, tampo sempre parabaixo, nunca te esqueças) e as meninas fazem sentadas. Mas da mesma forma que há mais diferenças entre meninos e meninas filho, também há semelhanças. Tanto os meninos como as meninas brincam, correm, comem, dormem, certo? Algumas pessoas acham que existem brincadeiras que são apenas de meninos ou de meninas. Mas isso não existe. Queres um exemplo? Há meninos cozinheiros e meninas taxistas. Por isso, os meninos podem brincar às cozinhas e as meninas podem brincar com carrinhos.


5.            Há Diferenças. Não somos todos iguais, nem tão pouco pensamos da mesma forma. Há pessoas de vários tipos: brancos, pretos, amarelos, punks, rockeiros, betos, rockabillies, que são do Sporting, do Porto ou do Benfica, que gostam mais de gelado de morango, mas ninguém é melhor ou pior por isso. Só diferente!


6.            Infelizmente nem sempre ganhamos. Muitas vezes vais perder! Às vezes perdemos alguma coisa que gostamos. Às vezes perdemos pessoas! Mas vais aprender a diferença entre perder e desistir. Não desistas do que for importante para ti. Não desistas do que ou de quem amares.


7.            Respeita os animais. Eles também sentem fome e dor. Só não sabem falar como nós, mas sentem, como nós. Acredita que podem ser nossos amigos, podem cuidar de nós e da nossa casa, fazer companhia e alegria.

8.            Lava sempre os dentes, pelo menos 2 vezes por dia! Dentes sujos ou com bichinhos faz um doi-doi chato pra xuxu. Daqueles que dói mesmo. Já dentes branquinhos deixam o teu sorriso ainda mais luminoso.

9.            Não mintas! Não falo das "mentirinhas inocentes", que um dia vais perceber o que são. Falo daquelas mentiras grandes. Mentiras que enganam as pessoas de quem gostas e as que gostam de ti. Quando a verdade aparece (e acredita meu filho, sempre aparece), a pessoa para quem mentiste, vai ficar muito triste. Pode quebrar a confiança que tinha em ti, e depois também vais ficar triste! Sempre que decepcionares alguém, tenta sentir o que essa pessoa poderá sentir e remedeia da melhor maneira que conseguires. Quando alguém te decepcionar a ti, não esperes que ajam da mesma forma que a mãe te está a dizer para agires. Há pessoas menos sensíveis. Isso vai-te ajudar a entender que às vezes as pessoas não são como nós esperamos.

10.          Todos erramos. Estamos sempre a errar a porcaria do tempo todo. Apenas precisamos de ter a humildade de perceber que sempre há algo a aprender.

11.           Por favor, não deixes ninguém sem notícias tuas. Quando cresceres e estiveres a fazer descobertas... quando te apaixonares, quando te estiveres a divertir, quando quiseres curtir a vida com os teus amigos, quando quiseres um tempo sozinho para pensar. Independentemente do motivo: não deixes ninguém sem saber de ti, a olhar para o telemóvel de madrugada adentro ou esperar ouvir o barulho das chaves na porta. Telefona para acalmares o meu coração de mãe. 

12.          Nunca sintas vergonha de dizer que gostas de alguém. Às vezes a pessoa sente a mesma coisa. Às vezes não! :( Mas todos nós gostamos de ouvir coisas bonitas!

13.          Chora, se tiveres que chorar! Não tenhas vergonha de chorar quando fores crescido. Alguns adultos acham que não precisam chorar ou que, se forem vistos a chorar, vão ser considerados fracos. Fraqueza é esconder o que se sente. Se tiveres vontade filho, então chora. Se estiveres muito triste, com medo ou até mesmo se estiveres muito feliz, chorar alivia. Ajuda a colocar as sensações para fora.

14.          Por último, não te esqueças dos teus pais. Quando cresceres, o mundo terá muitas coisas para te mostrar. Mas lembra-te que vou saber o que conheceste, as pessoas, os lugares, as comidas, as chapadas que a vida te deu. Liga-me e visita-me, seja para rir ou para chorar. Quero que saibas que estarei SEMPRE pronta, sempre, a qualquer hora, para te ouvir, para te ajudar, para rirmos, para te abraçar. 

Parabéns Manel! És o meu orgulho <3 Este vídeo é para ti!




Obrigada a quem nos acompanhou durante o último ano, nunca falhou com nada e sempre nos amou incondicionalmente!

11.2.14

Partilhas #1 - As 20 coisas que eles não nos disseram

Estava a passar por aqui e dei de caras com este texto fenomenal. 


Tinha de partilhar convosco:


"Um dia fomos crianças adoráveis com pele macia e bochechas redondas.Um dia fomos jovens com amigos, estudos e férias intermináveis.
Um dia fomos adultos e não estávamos nada preparados para isso. Dava jeito que os crescidos nos tivessem preparado para algumas coisas que íamos encontrar, porque assim talvez a vida fosse mais fácil. Aqui fica uma lista de 20 coisas – pouco ou muito importantes – que eles não nos disseram:
1. Trabalhar dá trabalho. Estudar dá trabalho. Fazer uma coisa bem feita dá trabalho.
2. É estúpido tentar agradar a toda a gente. É impossível forçar alguém a gostar de nós, muito menos com frases feitas e poses estudadas.
3. É impossível não errar. Sempre que fazemos uma coisa nova, vamos começar por fazê-la mal.
4. Pôr dentes debaixo da almofada não dá dinheiro. O dinheiro custa a ganhar – ainda mais do que perder dentes – mas desaparece num instante.
5. Ter medo é normal. Não há problema em sentir medo, desde que façamos o que temos a fazer, apesar do medo.
6. Não há famílias perfeitas. Cada família é funcional e disfuncional de uma forma única.
7. Não há pessoas perfeitas. Se alguém que admirávamos nos desilude, é porque estávamos iludidos.
8. Somos mais do que as coisas que fazemos. É possível ter feito asneirada e continuar a ser boa gente.
9. Vamos sofrer. O mundo não é côr-de-rosa, e há coisas que nos vão magoar. Mas não adianta nada preocuparmo-nos com isso.
10. Há coisas contagiosas. Como o bocejo, o riso ou o herpes labial.
11. As relações não são como nos filmes. Estar casado não é um mar de rosas e ninguém está sempre apaixonado.
12. Amar uma pessoa a sério dá muito trabalho. Mas vale a pena.
13. O barulho do mar não fica armazenado dentro dos búzios. Nem a água das piscinas é azul.
14. Há coisas que não mudam. Há situações e pessoas que não vão mudar, mas a nossa forma de lidar com isso pode sempre mudar.
15. Apanhar um escaldão não é sexy. Nem apanhar uma bebedeira. Nem dizer palavrões.
16. O mundo real é melhor que o virtual. A internet é simpática mas uma conversa ao vivo é melhor.
17. O papel higiénico acaba-se. Tal como todas as coisas que se compram. Só não se acaba o que não tem preço.
18. Não se pode acreditar em tudo o que nos dizem. Há quem não faça o que diz, e há quem não diga o que faz.
19. Querer estar em todo o lado ao mesmo tempo não é possível. Nem é o que nos faz mais felizes.
20. Há listas de bons conselhos que não servem de nada, porque há coisas que só se aprendem se forem vividas."

10.2.14

A minha rotina de Mãe e o Chá!


Já repararam que ando em campanha "Chá", certo? Insisto em partilhar convosco, por é uma forma de me ajudarem a não desistir, é acompanhando-me neste desafio.


Confesso que uma das minhas maiores preocupações (e aposto que vossa também) era voltar ao peso que tinha antes de engravidar. Não é tarefa fácil, mas acreditem que também não é difícil.


Sou uma pessoa comum, não faço ginásio (o Manel é o meu ginásio diário), e não costumo ter uma alimentação muito regular. Isto porque ter um bebé, quebra-nos um bocadinho a nossa rotina, para começar a ser a rotina deles.


E, como sabem, estou sozinha com o Manel. Tarefa bastante desafiante, mas não impossível. 


Para estar sempre em forma para cuidar do picolé é necessário estar bem fisica e psicologicamente. 
















O Chá, ajuda... ajuda muito! Faz-me sentir bem, revigorada e hidratada logo pela manhã e a enfrentar as árduas tarefas diárias.


And guess what, ontem, com aquela tempestade e a ver um episódio gravado do Suits, decidi ir buscar mais uma chávena de chá e aproveitar aquele momento tão meu!





Parceria Lipton

6.2.14

Resoluções de Ano Novo para manter!

Quando o ano começa, estamos sempre cheios de promessas e resoluções, tantas delas difíceis de cumprir.

Eu não elevei a fasquia... é nos pequenos gestos quotidianos que se podem notar grandes diferenças, certo?


Então aqui vai: Quero beber mais líquidos! Mas água por água... prefiro chá!






Agora, sempre que chego ao escritório, bebo a minha chávena de Chá! 


Quem me quer acompanhar neste desafio matinal?

A Lipton ajudou-me na minha tarefa e também vos pode ajudar a vocês. Ora vejam as instruções:






Aguardo convites para tea parties!


Até já




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...