25.6.14

Eu e o Manel - Amor sem Fim!

A Paula acompanhou-nos ainda antes do Manel nascer... dentro da minha barriguinha.


Foi nesta sessão que tudo aconteceu. O Manel quase a nascer, as emoções ao rubro... bem tudo tinha para correr bem.


Como sabem, a vida tem sido desafiante e tem-nos prendado com surpresas amargas e injustas!


E, naqueles dias seguintes, a Paula falou comigo, reconfortou-me... e deu-me esperança e a mão para continuar. 


Não é só a fotógrafa daquele dia antes do Manel nascer. 


É uma amiga para vida que, para além de estar ao nosso lado, capta o melhor de mim e do Manel.


Obrigada querida amiga! Por tudo! São pessoas como tu que ajudam a que todos os dias valha a pena sorrir e ter esperança!


Numa tarde solarenga desta Primavera, fomos para o Jardim da Estrela. Éramos alguns, todos os que faziam sentido: O Manel, eu, a minha irmã mais velha, a Paula, o fantástico marido Ricardo e a pequena princesa e linda Rafaela (um amor de menina).


O resultado foi este. Está fantástico



































20.6.14

Parabéns pelos 16 meses, Manel!

Estes 16 meses são os melhores da minha vida!

São iluminados pelo teu sorriso, pelo teu amor!

Amo-te filho! Contigo, tudo faz sentido!












Créditos das fotos: Angel Luzinha Fotografia by Paula Veiga Claro.

11.6.14

10 coisas que o vosso bebé que chora (muito) quer que saibam!

Olá mamãs e papás...!


Há bebés que choram.. muito! Aliás os bebés choram muito! Não desesperem... há coisas que eles querem (e precisam muito) que saibam. Eu descobri (ihihi) e partilho convosco:


Manel com 5 meses!


Mamã:


1. Sou pequenino... não tenho controlo sobre o meu sistema nervoso. Sou desorganizado. Estar contigo, ao teu lado, ouvir o bater do teu coração, cheirar-te... acalma-me... ajuda-me


2. Eu não choro para te dificultar a vida. Chora porque alguma coisa não está bem. Mesmo que pareça manha, tem a certeza se está tudo bem comigo.


3. És o meu mundo, o meu tudo! Só te conheço a ti. E penso que não haja ninguém que me dê aquilo que tu dás!


4. Não consigo parar de chorar, mas a culpa não é tua! Estás a fazer o teu melhor! Estamos a conhecer-nos e vamos chegar lá e vai correr tudo bem!


5. Resulta melhor os mimos e colo que me dás do que qualquer outro remédio. Dá-me colo nos primeiros tempos. Não te esqueças que estive dentro de ti "ao teu colo" durante 9 meses e este mundo novo assusta-me.


6. Não oiças mais ninguém, nem a tua vizinha, a tua tia, a tua sogra, zero! Mesmo aqueles livros que dizem que sabem tudo. Ouve-me a mim e a ti! Vamos encontrar a melhor solução juntos!


7. Eu não me acalmo sozinho. Preciso da tua segurança.


8. Se estiveres em ponto de ruptura... não tenhas medo de pedir ajuda, seja com a roupa, com a loiça e refeições. Se eu estiver, por momentos, com outra pessoa a tomar conta de mim, aproveita para dormir, tomar um duche, ver a tua série preferida.


9. É difícil ouvir isto, não é Mamã? Vivemos num mundo que promove o politicamente correto em detrimento das reais necessidades dos bebés e mães/pais. O que interessa somos nós!


10. É uma fase! Não vai durar para sempre! Agora parece que sim, mas conforta-me agora e isto vai acalmar brevemente. Só preciso de me sentir seguro. O teu ser sábio vai agradecer teres confiado em nós desde o dia 1.


Agora, mais importante que tudo: Eu amo-te querida Mãe! Obrigada pelo teu esforço e dedicação e por me amares de volta vezes mil! 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...