17.6.13

As primeiras comidas dos nossos bebés

Hoje fomos à consulta dos 4 meses do Manel e já temos o seu  plano alimentar até aos 6 mesinhos.

À porta dos 4 meses está com 7 kg e 62 cm!


Mas antes vamos falar um bocadinho sobre esta nova fase da vida dos nossos pequenos.



A diversificação alimentar inicia-se geralmente cerca dos quatro meses de idade. A ordem em que os novos alimentos são introduzidos na dieta não é rígida, o regime alimentar deve ser adaptado às necessidades e preferências de cada criança. Em termos globais, podem ser seguidas as orientações e regras abaixo indicadas:

  • O início da diversificação alimentar

Comece por substituir uma das refeições diárias de leite por papa sem glúten.As papas não lácteas (que não têm leite na sua formulação) são preparadas com o leite que o bebé toma habitualmente; as papas lácteas (que já têm leite na sua formulação) são preparadas com água e são as preferidas para os bebés alimentados com o leite da mãe.Não junte papa ao leite do biberão; dê sempre a papa ao bebé à colher.


  • Passadas 1 a 2 semanas

Substitua outra refeição de leite por uma sopa de legumes reduzidos a puré, confeccionada em casa. Para a primeira sopa use apenas batata e cenoura; 3 a 4 dias depois comece a introdução de outros legumes (por exemplo, alface, abóbora, agrião, alho francês, feijão verde, brócolos, couve-flor). Respeite um intervalo de 1 semana entre a introdução de cada legume novo. Tempere a sopa com um pouco de azeite adicionado no final da cozedura. Não use espinafres, nabo, beterraba, tomate, cebola e leguminosas na sopa do bebé. Não adicione sal. Em média, o bebé deve comer inicialmente 150 a 180 ml de sopa, quantidade que depois deve ser aumentada progressivamente.


  • Uma semana depois da 1ª sopa

Comece a dar fruta: maçã ou pêra crua (ralada ou esmagada), cozida ou assada, ou banana bem madura,  na mesma refeição da sopa.


  • Aos 5 meses de idade
Incluir carne na sopa, numa quantidade de cerca de 20 g por refeição (equivalente a uma colher de sopa de carne picada). Comece por carnes magras (frango, peru) e só depois passe para o borrego, vaca e coelho.  A carne deve ser cozida em separado e o caldo não deve ser aproveitado para o bebé.


  • Aos 6 meses de idade

Pode começar a usar papas com glúten e a oferecer novos frutos (uvas e ameixas).


  • Aos 8 meses de idade

Nesta altura o bebé deve começar a comer duas refeições diárias de sopa, carne e fruta; os alimentos devem ser cada vez menos triturados. Pode começar a oferecer iogurte natural, a que pode acrescentar fruta madura ralada. Pode também oferecer outros frutos como melão, meloa, manga e papaia. Não dê citrinos, kiwis, morangos, amoras e framboesas.


  • Aos 9 a 10 meses de idade

Comece a introduzir peixe (pescada, maruca, solha ou linguado), fresco ou congelado, numa quantidade de cerca de 20 g por refeição. O peixe deverá ser cozido separadamente da sopa e ser oferecido misturado com esta. Pode também começar a dar gema de ovo cozida (começar por ¼, depois ½ e mais tarde a gema inteira), não ultrapassando 2 a 3 vezes por semana. Pode oferecer queijo de tipo flamengo.


  • Aos 12 meses de idade
Nesta altura o leite pode ser alterado para outro adequado à idade. Pode introduzir na dieta leguminosas (por exemplo, feijão, grão e lentilhas), citrinos, ovo inteiro e carne de porco magra. Os alimentos devem ser dados em pequenos pedaços e separados por sabores, ou seja, a sopa, o segundo prato e a fruta. A partir de agora, a dieta da criança será progressivamente semelhante à da família.


Algumas regras adicionais:

  • Nos intervalos das refeições ofereça água ao bebé.
  • Até aos 6 meses de idade use sempre água fervida.
  • Não introduza alimentos novos na dieta com intervalos inferiores a uma semana.
  • Não adicione açúcar, mel ou qualquer outro produto adoçante aos alimentos.
  • Durante o primeiro ano de vida não ofereça guloseimas nem adicione sal aos alimentos.
  • Antes dos 15 meses de idade não ofereça morangos, amoras, framboesas, kiwis, doces, enchidos e marisco e não adicione condimentos aos alimentos.

Plano completo das refeições diárias do Manel:




Pequeno-Almoço » 
Leitinho


Almoço » 
Papa ou puré de legumes + fruta


Lanche » 
Leitinho


Jantar » 
Papa ou puré de legumes + fruta


Ceia » 
Leitinho


Optei por começar pela sopinha ao almoço pois ele começará por rejeitá-la e assim, conseguirei equilibrar as restantes refeições!

Até já,



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...