10.4.13

Nós, Mulheres: Queremos Perfeição ou Estabilidade e Harmonia?

É um facto: vivemos constantemente pressionados para sermos os melhores pais, os mais perfeitos, com o melhor aspecto, com tempo para a família e ainda para uma vida social, para estarmos sempre com boa aparência e a gritar o último trapinho da moda. Que magníficos que somos!


Depois, o que acontece é que nada como esperamos, tropeçamos em todas as magnitudes que queremos para a nossa vida, começamos a cair e não encontramos o raio de uma corda para nos segurarmos e, o pior, não existe nenhuma rede la em baixo para amparar a queda.
E escusam de dizer que não são assim, porque queremos sempre ser os melhores e queremos sempre roçar a perfeição!


NEWSFLASH! Esta ambição esmaga-nos e causa frustração. Acabamos por não nos entregarmos ao que realmente importa, a não sabermos amar convenientemente os nossos filhos, parceiro/a, restante família e amigos e acabamos por viver num mundo de ilusão, onde não somos felizes.






Vamos, então, tentar  fazer um exercício (eu incluída), de libertação:


1) Nós, pais, temos direito a falhar nesta profissão. É importante assumir os erros, sem nos culparmos de tal e remediando as coisas se necessário.


2) Nós, mulheres, temos de arranjar tempo para nós enquanto tal: Um jantar com o marido, uma ida ao cabeleireiro, compras, uma saída com amigas, largar as roupas, agarrar num livro do nosso interesse e devorá-lo.


3) Nós, donas de casa, não precisamos de ter a casa num brinco! Se não puderem ter uma empregada para vos ajudar nas tarefas, peçam ajuda à mãe, irmãs, sogra! É natural não ter tempo para a casa e não temos de ser super mulheres!


4) Nós, companheiras, temos de nos lembrar das nossas caras-metades. Temos filhos, mas não podemos perder a chama de casal, de amor (Obrigada pela dica J.A.)


5) Nós, amigas, não nos podemos afastar dos nossos amigos de sempre. Precisaremos para sempre deles, mesmo que as vidas tenham seguido rumos diferentes!





Até já,





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...