10.1.14

Bullying entre irmãos!



Bullying entre irmãos é um tipo de violência predominante na vida da maioria das crianças, mas pouco se sabe sobre o mesmo. 


Todos nós, os que temos irmãos,  andámos valentemente aos murros, pontapés e a puxar cabelos, certo? E normalmente acabávamos todos de castigo!!



Estive a pesquisar e estes ataques de fúria entre irmãos (ou bullying como agora é chamado) é visto como normal, e as diferenças percebidas entre vítimas e agressores (isto normalmente).


Contudo, há situações em que o comportamento agressivo por parte de um irmão pode produzir raiva, ansiedade e depressão na vítima.




Segundo a Youth Villages (uma entidade privada sem fins lucrativos que ajuda crianças com problemas de saúde emocionais, comportamentais e mentais), há três características definidoras que determinam se o comportamento de agressão entre irmãos é bullying:


  • Se é deliberado. O agressor tem a intenção de machucar alguém fisicamente ou emocionalmente.
  • Se é repetido. O agressor alveja repetidamente a mesma vítima.
  • Se há um desequilíbrio de poder. O agressor escolhe uma vítima que ele ou ela percebe como vulnerável.
Aqui ficam algumas dicas para os pais prevenirem ou impedirem o bullying entre irmãos:


  • Defina a expectativa de que a casa é um lugar seguro e bullying/porradinha da boa não será tolerado.
  • Modele o comportamento que deseja ver nos seus filhos. Não discipline de forma agressiva ou com raiva, mostre o devido respeito para cada membro da família e elogie seus filhos quando eles fizeram o mesmo. Pratique essa disciplina de forma clara e consistente.
  • Cultive uma relação próxima com seus filhos.
  • Estabeleça uma comunicação aberta e confiável no seio da família. Ouça os seus filhos e responda se eles dizem que estão sendo emocionalmente ou fisicamente abusados de alguma forma – por qualquer pessoa, mesmo um irmão ou irmã.
  • Descubra o que há por trás do comportamento de bullying. Talvez a criança esteja em busca de atenção ou sendo intimidada na escola.
  • Encontre maneiras positivas para que os irmãos interajam, como jogos em família.
  • Ensine às crianças formas de se acalmar antes de reagir, como contar até 10, ouvir música, etc. 
  • Forneça supervisão e participação na vida do seu filho. Se o bullying está ocorrendo, aumente a supervisão e não deixe as crianças envolvidas juntas e sozinhas.
  • Certifique-se de que os seus filhos têm o apoio social adequado onde quer que vão, inclusive na escola. 
  • Observe atentamente para quaisquer pensamentos ou ações suicidas. As crianças que sofrem bullying estão em alto risco de tentativa de suicídio. As intimidações são também fatores de risco para problemas de saúde mental, incluindo depressão e uso de drogas. 

Até já

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...