23.9.13

Os Dentinhos parte 2

Como já tinha falado noutro post, os dentes aparecem do dia para a noite transformando o sorriso velhinho num belo sorriso de publicidade a uma pasta de dentes :)


Esta etapa do desenvolvimento da criança é acompanhada de desconforto, febre e certa irritação.


Na maioria das crianças os dentes de leite começam a surgir por volta dos 6 meses de idade. 

Os primeiros são os incisivos centrais inferiores (imagem abaixo). Por volta dos 3 anos de idade a criança terá todos os 20 dentinhos de leite, 10 no maxilar e 10 na mandíbula.


Após os 6 anos de idade os dentinhos de leite começam a cair para dar espaço aos dentes permanentes.

Quando nascem os dentes de leite






Até já

Tabela de peso e altura dos bebés até aos 12 meses

A curva de crescimento de cada criança possui variáves tais como factores genéticos e hábitos alimentares. 

A tabela abaixo é apenas uma referência e variações pequenas nos valores citados é perfeitamente comum.

Apenas um médico pode avaliar com segurança se a curva de peso e crescimento do vosso filho está adequada à sua idade.


Os valores abaixo variam de acordo com o sexo, ou seja, os meninos e as meninas desenvolvem-se de forma diferente.


tabela crescimento 0a12 AdP

20.9.13

Os 7 meses do M. e os 7 meses dos bebés

Pois que o meu menino faz hoje 7 meses :) 7 meses!!!!!


Estás de parabéns meu filho... crescido como tudo!




Vamos lá ver o desenvolvimento natural dos bebés aos 7 mesinhos!



Pula, pula


O Bebé apoia o peso nas pernas por curtos períodos e adora pular (eu que o diga). Pode sentar-se sem apoio e aproveita as maozinhas para explorar o mundo - pois que isto ainda não acontece, o M. ainda não se senta, mas está quase :)


Eu já seguro


A chamada coordenação motora fina do bebé também se está a aprimorar. A esta altura, ele provavelmente passa coisas de uma mão para a outra com facilidade e pode até conseguir segurar um copinho especial para crianças com as duas mãos juntas (e nosso auxílio). O barulho em casa aumentou, não só porque os nossos bebés emitem mais sons, mas também porque ele terá descoberto a graça de bater com as coisas 


Para ajudar no desenvolvimento da coordenação motora fina, coloquem um brinquedo ou algo interessante fora do alcance do bebé e observem como ele vai tentar agarrá-lo. Se por acaso o vosso filho começar a chorar porque não consegue alcançar, continuem a encorajá-lo com tranquilidade mas sem entregar o objecto. A criança está simplesmente expressando frustração e vai, a pouco e pouco, tornando-se mais confiante em termos físicos se nós não facilitarmos demasiado as coisas. 


Depois de algumas tentativas, o bebé vai inclinar-se e, em seguida, voltar à posição inicial. Vai começar a  balançar-se para a frente e para trás sobre as mãos e os joelhos, num incentivo para engatinhar ou rolar para se locomover por conta própria. É bom que a criança esteja a usar roupas confortáveis para facilitar estas tarefas.


Dentição


Já começaram e nós já temosum dentinho cá fora! Com a dentição, estejam prontos para ainda mais baba e sons novos, à medida que o vosso filho se adapta às novidades na boca dele. 



Autoridade em xeque


Nesta fase, a criança começa a testar a autoridade dos pais, recusando-se por vezes a cumprir o que lhe é dito. Quando ela reage negativamente, não ache que está sendo desobediente ou teimosa -- está apenas curiosa.
 A curiosidade é um instrumento importante para o bebé e deve ser sempre estimulada. Outra coisa é que a memória do bebé às vezes só dura alguns segundos. A melhor tática é falar "não" e depois distraí-la com outra atividade. 


Início da "ansiedade de separação"


Se o bebé demonstra certa ansiedade quando está longe de vocês durante o dia, isso aumenta mais ainda na hora de dormir. Quando acorda durante a noite, mesmo que brevemente, o vosso filho sabe que estarão por perto e não hesita em tentar chamar a vossa atenção. Provavelmente ficará dividida entre a vontade de reconfortá-lo ou levá-lo para a sua cama e a preocupação com aquelas famosas teorias de que agindo assim vais "estragá-lo". A verdade é que dar colo aos nossos filhos de vez em quando -- não sempre -- não faz mal a ninguém. 


A relutância do bebé em se separar de vocês pode até criar uma sensação boa, de confiança, mas também traz problemas! Assim, para que continuem a conseguir fazer outras coisas quando estão em casa, experimentem ter por perto uma caixa com os brinquedos do seu filho, a fim de mantê-lo  distraído, mas por perto, enquanto executam as vossas habituais tarefas.


Captando a mensagem


O bebé participa activamente nas brincadeiras de esconder, além de perceber sutilezas no tom da nossa  voz. Ele pode até abrir um berreiro se formos mais ríspidos, por exemplo.


 Desenvolvimento pela brincadeira


As crianças gostam de situações previsíveis, por isso o vosso filho diverte-se com infinitas repetições da mesma coisa. Além de brincadeiras de esconder ,tentem estimulá-lo também com interações como a contagem dos dedos a partir do "dedo mindinho, seu vizinho...". 
Nesta fase, os bebés costumam gostar dpeluches de qualquer tamanho. Um deles provavelmente vai acabar sendo o objeto de segurança "eleito" (chamado de transicional, em termos técnicos) e, em pouco tempo, ficará coberto de baba (ao comprarem novos peluches para o vosso filho, procurem os mais macios, bem costurados e de preferência laváveis. Outros bons brinquedos para esta etapa do crescimento são bolas, cilindros que se encaixam um no outro, caixinhas com objectos que pulam para fora quando abertas e bonecos grandes. 
Há bem pouco tempo era fácil tirar um brinquedo das mãos do vosso bebé, mas agora essa tarefa fica mais complicada, e ele poderá protestar em alto e bom som :)


Será que o desenvolvimento do meu filho é normal?


Lembrem-se, cada bebé é diferente e atinge certos marcos de desenvolvimento físico no seu próprio ritmo. O que falo acima são apenas referências de etapas que o vosso filho tem potencial para alcançar -- se não agora, em pouco tempo. Por exemplo, o Manel ainda não se senta e, pelas "regras", já o deveria ter conseguido fazer.
Se o vosso filho nasceu prematuro, é provável que observem que ele leva um pouco mais de tempo para fazer as mesmas coisas que outras crianças de idade similar. Não se preocupem, a maioria dos médicos avalia o desenvolvimento de um prematuro conforme a idade corrigida e acompanha seu progresso levando isso em conta. 


Até já,

15.9.13

Dica #9 da mamã - Grávidas Ansiosas

É bastante comum que nos sintamos ansiosas durante a gravidez, principalmente com a chegada da data do parto!


Experimentem utilizar a visualização positiva para dar a volta aos pensamentos e  ajudar-vos a sentirem-se bem mais próximas dos vossos bebés.




Por exemplo, se estiverem a ficar obcecadas com a ideia do nascimento, procurem sentar-se confortavelmente, de olhos fechados, a pegar no vosso lindo bebé e pensem no amor que irão sentir quando esse momento acontecer.


Parecem balelas... mas, na altura, comigo resultou, pois acalmou-me imediatamente!


Até ja

9.9.13

Estar em forma não custa nada!

Como falei nos posts da semana passada, uns dos nossos maiores problemas (pós-parto) é a nossa forma física!


Primeiro quero que pensem todas assim: O meu corpo vai voltar ao que era! O meu corpo vai voltar ao que era! O meu corpo vai voltar ao que era! O meu corpo vai voltar ao que era! 
Repitam comigo!!


Mas obviamente que nada é mágico, mamãs :)


Já falei dos nossos comportamentos ideais durante a gravidez. Não é bom achar que podemos comer tudo só porque estamos grávidas e depois andamos a chorar pelos cantos a dizer que estamos umas bolas com um bebé nos braços!



Outra coisa importante é nunca nos esquecermos da nossa imagem. Ter um bebé não é sinónimo de desleixo. Cabelos, unhas, roupa...! Lembrem-se que continuam a ser a mulher por quem o vossos companheiro se apaixonou! Mantenham essa chama acesa, por ele, pelo vosso filho e por vocês mesmas!


Ok, portanto vamos a isto:


Alimentação "ideal"


Esta dieta é indicada para o período do pós-parto,e tem como objectivo ajudar as novas mamãs a recuperarem a forma rapidamente mas cheia de energia para amamentarem como deve ser (uma mamã que amamente deve consumir cerca de mais 400 calorias diárias)

Pequeno-Almoço

  • sumo natural de uma fruta que gostem
  • Galão (descafeinado de preferência)
  • 1 iogurte natural
  • 1 torrada com manteiga ou 30 gramas de cereais integrais

Meio da manhã (brunch)


  • chá de camomila ou erva cidreira
  • 1 iogurte natural 

Almoço e jantar


  • 250g de legumes cozidos ao vapor (maior teor de nutrientes). Cuidado com os legumes que escolhem para evitar as cólicas nos bebés.
  • 150g de peixe grelhado, peito de frango ou bife de vitela
  • gelatina 

Lanche

  • 2 fatias de pão de forma integral
  • 1 fatia de queijo e 1 fatia de presunto de peru
  • 250 ml de sumo de fruta

Nesta fase de recuperação do parto é importante beber pelo menos 3 litros de água, evitar alimentos pré-preparados e adicionar em pelo menos duas refeições algum alimento integral, para prevenir a prisão de ventre.


Exercício


Minhas queridas, é inevitável. Podemos emagrecer, mas a flacidez é inevitável e o levantamento de biberão e lançamento de fralda não chega para combater as ondas do nosso corpo!


Tenho andado a pesquisar com bastante entusiasmo e tenho de vos dizer que o Solinca está a fazer umas promoções bastante interessantes e eu não vou perder! 
Estão a fazer a campanha de 6 meses gratuitos. Parece mentira, não é? 





Basicamente e depois do que vi e experimentei, o preço competitivo que estão a praticar neste momento é diferente de um Low Cost (que normalmente é sinónimo de Low Service), visto o serviço continuar a ser de topo.

Neste momento, estão com mais de 400 Aulas de Body Pump, Balance e Attack por semana e são pioneiros no lançamento de algumas das modalidades mais gritantes lá fora, como GRIT Series.


Todos os clubes têm piscina e SPA (weeeeeeeee, nada melhor que um banho turco depois de fazer exercício)


É importante termos apoio nesta fase que ainda não sabemos bem quais os exercícios mais adequados para a nossa condição de recém-mamãs e eles fornecem-nos todo esse apoio fofinho e isso fará com que nos sintamos mais confortáveis :)


Podem meter lá dentro a família toda, desde os mais pequenos aos vossos avós. Há imensos programas completamente distintos e actividades específicas para as diferentes idades.


Podem treinar em qualquer clube (são 11 a nível nacional). E para as meninas do norte, abriu um novo clube em Vila do Conde.


Vamos todas treinar?


O meu corpo vai voltar ao que era! O meu corpo vai voltar ao que era! O meu corpo vai voltar ao que era! O meu corpo vai voltar ao que era! 



2.9.13

Aumento de peso na gravidez

Grávidas e futuras grávidas...metam uma coisa na vossa cabeça: VOCÊS VÃO ENGORDARRRRR!!


Ganhar peso é necessário pois é a forma de conseguirmos as melhores condições para o desenvolvimento dos nossos bebés cá dentro!





Em média, para onde vão os quilos extras: 

  • Ao nascer, o bebé pesa cerca de 3,3 kg.
  • Ao longo da gravidez, a camada muscular do nosso útero cresce bastante, e passa a pesar 900 g a mais.
  • A placenta, que nutre o bebé, pesa 700 g no final da gravidez.
  • O nosso peito aumenta de tamanho e pesam 400 g a mais.
  • O volume de sangue que circula no seu corpo cresce, e todo o sangue extra pesa 1,2 kg.
  • Acumulamos líquido no organismo, além do líquido amniótico que envolve o bebé, num total em média de 2 kg.
  • Acumulamos, ainda, gordura no corpo durante a gravidez para garantir energia extra para a fase da amamentação. Esse total é de cerca de 4 kg.

Portanto, no final da gravidez, por esta média, podemos pesar mais 12,5 kg do que antes.


Claro que as coisas não funcionam bem assim, pois não somos uma 'média'. Existem variações, mas o aumento de peso da gravidez está intimamente ligado ao nosso IMC (índice de massa corporal) que temos antes de engravidar. 


Amanhã falarei sobre isto :)


Até já

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...